Mapa divulga edital para o concurso de 2014

Concurso MAPA

Mapa divulga edital para o concurso de 2014 

Nessa terça-feira, 21 de janeiro de 2014, foi divulgado oficialmente através do Diário Oficial da União, o edital que inicio a abertura do concurso público do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento ( MAPA ), o qual oferece 796 vagas nas área de Atividades Técnicas de Fiscalização, Fiscal Federal Agropecuário e do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo. Consulplan é a organizadora do certame.

As vagas estão distribuídas nas unidades do MAPA nos seguintes Estados: Mato Grosso, Paraná, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Acre, Amazonas, Amapá, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins, Espírito Santo, Rondônia, Roraima, para os cargos:

Nível Superior:

Engenheiro-Agrônomo (76 + 4 PNE);
Farmacêutico (12 + 1 PNE);
Químico (20 + 2 PNE);
Veterinário (104 + 6 PNE);
Zootecnista (6 + 1 PNE);
Administrador (23 + 2 PNE);
Bibliotecário (2);
Contador (5 + 1 PNE);
Economista (4);
Engenheiro (3);
Geógrafo (3);
Psicólogo (2)

 

Nível Médio/ Técnico:

Técnico de Laboratório (174 + 10 PNE);
Técnico em Contabilidade (4 + 1 PNE);
Agente de Atividades Agropecuárias (47 + 3 PNE);
Agente de Inspeção Sanitária e Industrial de Produtos de Origem Animal (95 + 5 PNE);
Agente Administrativo (104 + 6 PNE)

 

Nível Fundamental:

Auxiliar de Laboratório (66 + 4 PNE)

 

As inscrições podem ser realizadas entre os dias 3 de fevereiro e 6 de março de 2014, através dos site da Consulplan, o valor das taxas de inscrição são de R$ 38,50, R$ 50,00 e R$ 71,00, de acordo com o respectivo cargo.

A provável data da prova, está definida para o dia 4 de maio de 2014, nos turnos da manhã e tarde, locais e horários serão divulgados a partir do dia 28 de abril de 2014 no site da Consulplan . Avaliações de títulos, somente para nível superior, deverão ser enviadas ao Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro).

Materiais de estudo serão divulgados durante a próxima semana.

O conteúdo programático se encontra logo abaixo.

 

 concurso mapa edital 2014

 

 

 

 

ANEXO II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO  

LÍNGUA PORTUGUESA

Nível Superior

Compreensão e interpretação de textos; denotação e conotação; figuras; coesão e coerência; tipologia textual; significação das palavras; Emprego das classes de palavras; sintaxe da oração e do período; pontuação; concordância verbal e nominal; regência verbal e nominal; estudo da crase; semântica e estilística.

 

Nível Médio Técnico e Médio

Fonologia:  conceito, encontros vocálicos, dígrafos, ortoépica, divisão silábica, prosódia-acentuação e ortografia; Morfologia:  estrutura e formação das palavras, classes de palavras; Sintaxe: termos da oração, período composto, conceito e classificação das orações, concordância verbal e nominal, regência verbal e nominal, crase e pontuação; Semântica: a significação das palavras no texto; Interpretação de texto.

 

Nível Fundamental Completo

Leitura e compreensão de textos. A significação das palavras no texto. Emprego das classes de palavras. Pontuação. Acentuação gráfica. Ortografia. Fonética e fonologia. Termos essenciais da oração.

 

RACIOCÍNIO LÓGICO Nível Superior Médio Técnico e Médio

Princípio da Regressão ou Reversão. Lógica Dedutiva, Argumentativa e Quantitativa. Lógica matemática qualitativa, Sequências Lógicas envolvendo Números, Letras e Figuras.  Geometria básica.  Álgebra básica e sistemas lineares. Calendários.  Numeração.  Razões Especiais. Análise Combinatória e Probabilidade. Progressões Aritmética e Geométrica. Conjuntos; as relações de pertinência, inclusão e igualdade; operações entre conjuntos, união, interseção e diferença. Comparações.

 

Nível Fundamental Completo

Sequências Lógicas envolvendo números, letras e figuras. Geometria básica. Criptografia. Simetria. Conjuntos; as relações de pertinência, inclusão e igualdade; operações entre conjuntos, união, interseção e diferença. Comparações. Calendários. Numeração. Razão e proporção. Regra de Três.

 

 

CONHECIMENTOS DE INFORMÁTICA

 

Conceitos básicos do hardware e periféricos de um microcomputador. Browsers Internet Explorer, Firefox. Ferramentas e aplicações de informática. Ambientes Windows. Correio eletrônico. Procedimento para a realização de cópia de segurança (backup). Microsoft Office – Word e Excel. Conceitos de organização de arquivos e métodos de acesso. Conceitos e tecnologias. Noções de Informática: Sistema operacional Windows XP e Windows 7. Microsoft Office: Word 2007, Excel 2007, Power Point 2007 e Microsoft Outlook 2007. Conceitos e tecnologias relacionados à Internet e a Correio Eletrônico. Internet Explorer 8. Conceitos básicos de segurança da informação.

 

 

CONHECIMENTOS GERAIS

 

Domínio de tópicos relevantes de diversas áreas, tais como:  política, economia, sociedade, educação, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável, segurança, artes e literatura e suas vinculações históricas, a nível regional, nacional e internacional.

 

 

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Carreira de Fiscal Federal Agropecuário

ENGENHEIRO AGRÔNOMO

Fitopatologia. Entomologia. Pragas quarentenárias. Pragas não quarentenárias regulamentadas. Manejo integrado de pragas. Pragas com exigências fitossanitárias de países importadores. Análises de riscos. Uso correto de agrotóxicos e afins. Quarentena vegetal. Tratamentos para fins quarentenários.  Áreas de baixa prevalência de pragas.  Áreas livres de pragas.  Sistemas de manejo de riscos (Sistema Approach). Certificação fitossanitária.  Certificação fitossanitária de origem.  Direitos de obtentores.  Legislação  federal  sobre:  Defesa  sanitária  vegetal (Decreto nº 24114/34); Padronização, classificação e fiscalização de produtos de vegetais, seus produtos, subprodutos e resíduos de valor econômico (Lei nº 9972/2000 – Decreto nº 6.268/2007); Padronização, classificação, registro, inspeção e fiscalização de bebidas em geral (Lei nº 8918/94 – Decreto nº 6871/2009) e de vinhos e derivados da uva e vinho (Lei nº 7678/88 – Decreto nº 99066/90); Fiscalização de insumos agrícolas: agrotóxicos – fertilizantes – sementes e mudas (Lei nº Lei nº 7802/89 – Lei nº 10711/2003 – Lei nº 6894/80 – Decreto nº 4954/2004 - Decreto nº 4074/2002 – Decreto nº 5981/2006 – Decreto nº 5153/2004); Proteção de Cultivares (Lei nº 9456/97 – Decreto nº 2366/97); Organismos geneticamente modificados (Lei nº 11105/2005) e Decreto nº 5591/2005. Agricultura Orgânica: conceitos, princípios e manejo da produção vegetal orgânica (Lei nº 10831/2003 e IN 64/2008). Armazenamento de produtos agropecuários (Lei nº 9973/2000 – Decreto nº 3855/2001). Conhecimentos básicos sobre organismos internacionais e blocos econômicos regionais (OMC com foco na agricultura (SPS – TBT), FAO, OMS, CIPV (Decreto nº 5759/2006), Códex Alimentarius, COSAVE, EU, Mercosul, OMPI, CDB, Tratado FAO para Intercâmbio de Recursos Genéticos e UPOV). Economia Rural. Sociologia Rural. Desenvolvimento territorial. Planejamento rural. Propriedade intelectual. Lei da propriedade industrial (Biotecnologia, indicações geográficas, marcas coletivas e marcas de certificação. Acesso, intercâmbio e conservação de recursos genéticos). Proteção de cultivares.  Código de Defesa do Consumidor. Noções gerais de cooperativismo. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

FARMACÊUTICO

Farmacologia Geral: Farmacocinética, Farmacodinâmica, Receptores e modos de ação. Classes, modos de ação, toxicidade, relação estrutura atividade, efeitos adversos e interações medicamentosas de fármacos que atuam no(a): Sistema Nervoso Autônomo, Sistema Nervoso Central, sistema cardiovascular e renal, sistema endócrino, terapia antimicrobiana e antiparasitária. Boas práticas de produção, controle de qualidade, distribuição, dispensação de medicamentos e legislação pertinente. Controle de Qualidade de Medicamentos: Análises químicas, físico-químicas e microbiológicas. Qualificação de Equipamentos e Instrumentos. Validação de Processos e Métodos Analíticos. Legislação pertinente. Bromatologia e Tecnologia de Alimentos: composição química dos alimentos, suas propriedades nutricionais e funcionais; Análise e controle de qualidade de alimentos; Tecnologia de alimentos industrializados; Métodos de conservação; Fiscalização realizada por órgãos competentes. Deontologia e Legislação Farmacêutica: Legislação pertinente ao exercício profissional do Farmacêutico; código de Ética do profissional Farmacêutico; Portaria nº 344/98 da Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde; Lei Federal nº 5.991, de 17 de dezembro de 1973; Lei Federal nº 6390, de 23 de setembro de 1976. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

QUÍMICO

Química geral e inorgânica: Ligações químicas. Ácidos e bases. Química descritiva dos elementos representativos. Química de coordenação. Físico-química. Termodinâmica. Equilíbrio e Cinética Química. Química orgânica: correlação entre estrutura e propriedades químicas e físicas dos compostos orgânicos. Grupos funcionais e suas propriedades. Estereoquímica. Reações orgânicas e seus mecanismos. Química analítica: química analítica qualitativa, química analítica quantitativa, análise gravimétrica, análise volumétrica, tratamento estatístico de dados, fundamentos de espectroscopia, técnicas espectroscópicas (espectroscopia de infravermelho, absorção atômica, emissão atômica, ressonância magnética nuclear), técnicas cromatográficas (cromatografia em camada delgada, cromatografia gasosa, cromatografia líquida de alta eficiência), espectrometria de massas. Análises de agrotóxicos e afins. Análises de fertilizantes, corretivos, inoculastes, estimulantes ou biofertilizantes destinados à agricultura. Análises de resíduos e contaminantes. Análises de bebidas e vinagres. Análises de alimentos para animais. Análises de alimentos de origem animal. Validação de métodos de análise. Sistemas de gestão da qualidade. Química Ambiental. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

VETERINÁRIO

Anatomia, fisiologia, patologia e clínica médico-veterinária dos animais domésticos de interesse comercial, de produção de alimentos e de companhia. Inspeção industrial e sanitária de produtos de origem animal: Programas de Autocontrole, Boas Práticas de Fabricação – BPF, Procedimento Padrão de Higiene Operacional – PPOH e Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle – APPCC. Análises microbiológicas e físico-químicas de produtos de origem animal. Resíduos e contaminantes em produtos de origem animal. Identidade e qualidade de produtos de origem animal.  Tecnologia de produtos de origem animal.  Doenças transmitidas por alimentos.  Defesa Sanitária Animal:  prevenção, controle e diagnóstico, clínico e laboratorial, das principais doenças que afetam o comércio e a saúde humana e animal.  Doenças de notificação obrigatória. Conhecimentos básicos de epidemiologia, análise de risco e bioestatística. Desenvolvimento de programas sanitários. Inspeção industrial e higiênico-sanitária de produtos destinados à alimentação animal:  Métodos de análise e amostragem de produtos destinados à alimentação animal.  Análises de resíduos e contaminantes, microbiológicas e físico-químicas de produtos destinados à alimentação animal. Risco de disseminação de doenças aos animais por produtos destinados para alimentação animal. Nutrição animal de ruminantes e monogástricos. Processamento de alimentos e formulação de rações, concentrados, núcleos, premies e suplementos. Principais alimentos, suas características nutricionais e utilização na indústria da nutrição de animais.  Tipos e funções dos aditivos utilizados na alimentação animal. Fabricação e o emprego de rações, suplementos, premixes, núcleos ou concentrados com medicamentos para os animais de produção. Noções de Boas Práticas de Fabricação – BPF e Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle – APPCC. Inspeção de produtos de uso veterinário: Farmacologia veterinária. Controle da produção de soros, vacinas e antígenos para salmonelose, microplosmose, newcastle, brucelose, raiva, peste suína e febre aftosa. Ensaios de eficácia e segurança para produtos veterinários. Noções básicas de biossegurança. Serviço de Rastreabilidade da Cadeia Produtiva de Bovinos e Bubalinos: Conceito e Aplicações. Melhoramento Genético Animal e Registro Genealógico. Pecuária Orgânica: conceitos, princípios, alimentação, manejo e terapêuticas na produção animal orgânica. Legislação federal – Defesa Sanitária Animal.  Inspeção   de produtos   de origem   animal.  Produtos   veterinários.  Programas   sanitários.  Vigilância sanitária internacional. Fóruns internacionais de referência. Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Organização Pan-americana de Saúde (OPS/OMS). Organização da Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Comissão do Codex Alimentarius (FAO/OMS). Acordos Sanitários e Fitossanitários (Acordos SPS) na Organização Mundial do Comércio (OMC). Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

ZOOTECNISTA

Legislação Federal sobre fiscalização de produtos destinados à alimentação animal. Inspeção industrial e higiênico-sanitária de produtos destinados à alimentação animal. Métodos de análise e amostragem de produtos destinados à alimentação animal. Análises de resíduos e contaminantes, microbiológicas e físico-químicas de produtos destinados à alimentação animal. Nutrição animal de ruminantes, monogástricos, inclusive de animais de companhia. Processamento de alimentos e formulação de rações, concentrados, núcleos, premixes e suplementos. Principais alimentos, suas características nutricionais e utilização na indústria da nutrição de animais. Tipos e funções dos aditivos utilizados na alimentação animal. Noções de Boas Práticas de Fabricação – BPF e Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle – APPCC. Conhecimento básico sobre organismos internacionais (OMC, FAO, OMS e CODEX ALIMENTARIUS) e principais blocos econômicos (COSAVE, EU e MERCOSUL). Legislação federal sobre melhoramento animal. Influência do ambiente na produção animal. Legislação Federal sobre registro genealógico. Plantas forrageiras e pastagens. Melhoramento genético aplicado à produção animal. Pecuária Orgânica: conceitos, princípios, alimentação e manejo da produção animal orgânica. Propriedade intelectual em biotecnologia e motivação geográfica. Planejamento rural. Economia rural. Desenvolvimento territorial. Noções gerais de cooperativismo. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

 

Cargos de Atividades de Técnicas da Fiscalização do Mapa

 

AGENTE DE ATIVIDADES AGROPECUÁRIAS

Entomologia. Pragas quarentenárias. Pragas não quarentenárias regulamentadas. Manejo integrado de pragas. Pragas com exigências fitossanitárias de países importadores. Análises de riscos. Uso correto de agrotóxicos e afins. Quarentena vegetal. Tratamentos para fins quarentenários. Áreas de baixa prevalência de pragas. Áreas livres de pragas. Sistemas de manejo de riscos (Sistema Approach). Certificação fitossanitária. Certificação fitossanitária de origem. Direitos de obtentores. Legislação federal sobre: Defesa sanitária vegetal (Decreto Federal nº 24.114/34); Medidas Emergenciais de Defesa Sanitária Vegetal; Padronização, classificação e fiscalização de produtos de vegetais, seus produtos,  subprodutos  e  resíduos  de  valor  econômico  (Lei  Federal  nº  9.972/2000  -  Decreto  Federal  nº  3.664/2000);  Padronização, classificação, registro, inspeção e fiscalização de bebidas em geral e de vinhos e derivados da uva e vinho (Lei Federal nº 8.918/94, Lei Federal nº 7.678/88 – Decreto Federal nº 99.066/90); Fiscalização de insumos agrícolas: agrotóxicos – fertilizantes – sementes e mudas (Lei Federal nº 9.974/2000 – Lei Federal nº 7.802/89 – Lei Federal nº 10.711/2003 – Lei Federal nº 6.894/80 – Decreto Federal nº 4.954/2004 – Decreto Federal  nº  4.074/2002);  Proteção  de  Cultivares  (Lei  Federal  nº  9.456/97  -  Decreto  Federal  nº  2.366/97);  Organismos  Geneticamente Modificados: Legislação de Biossegurança sobre Organismos Geneticamente Modificados (Lei Federal nº 11.105, de 24 de março de 2005; Decreto Federal nº 5.591/2005). Legislação de Alimentos Orgânicos: Lei Federal nº 10.831/2003; Decreto Federal nº 6.323/2007; IN º 19/09 (mecanismos  de  controle  e  formas  de  organização);  IN  nº  18/2009,  alterada  pela  IN  nº  24/2011  (processamento);  IN  nº  17/2009 (extrativismo sustentável orgânico); IN nº 50/2009 (selo federal do Visor); IN nº 46/2011 (produção vegetal e animal); IN nº 37/2011 (cogumelos comestíveis); IN nº 38/2011 (sementes e mudas orgânicas); IN nº 28/2011 (produção de organismos aquáticos); Armazenamento de  produtos  agropecuários  (Lei  Federal  nº  9.973/2000  -  Decreto  Federal  nº  3.855/2001).  Conhecimentos básicos sobre organismos internacionais e blocos econômicos regionais (OMC com foco na agricultura (SPS – TBT), FAO, OMS, CIPV (Decreto Federal nº 5.759/2006), Codex Alimentarius, COSAVE, EU, Mercosul, OMPI, CDB, Tratado FAO para Intercâmbio de Recursos Genéticos e UPOV). Lei da propriedade industrial (Biotecnologia, indicações geográficas, marcas coletivas e marcas de certificação. Acesso, intercâmbio e conservação de recursos genéticos). Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

 

AISIPOA - AGENTE DE INSPEÇÃO SANITÁRIA E INDUSTRIAL DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL

Regulamentação Básica da inspeção e Sistemas de Qualidade de alimentos. Noções de abrangência, classificação, funcionamento e higiene dos estabelecimentos. Noções de microbiologia, ciência e tecnologia de alimentos. Boas Práticas de Fabricação (BPF). Procedimentos Padrão de Higiene Operacional (PPHO). Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC). Noções de biologia, anatomia, fisiologia e patologia dos animais de abate (Bovinos, Suínos, Ovinos, Caprinos, Aves, Pescado, etc.). Noções sobre sistema de criação de animais de abate. Noções de biologia, anatomia, fisiologia e patologia dos animais de produção (bovinos, suínos, aves, ovinos, caprinos, pescado e abelhas). Noções sobre sistema de criação de animais de produção. Noções de instalações e equipamentos de estabelecimentos processadores de produtos de origem animal. Noções de doenças transmissíveis por alimentos e principais zoonoses. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

AUXILIAR DE LABORATÓRIO

Química Geral e Inorgânica:  ligações químicas.  Ácidos e Bases.  Química descritiva dos elementos representativos; conceito de solução, solvente e soluto, molaridade, conceito de pH e tampão; preparo de soluções e diluições. Noções básicas de segurança e primeiros socorros em um laboratório. Estequiometria e equilíbrio químico. Organização dos serviços de saúde no Brasil: Sistema Único de Saúde – Princípios e diretrizes, controle social; Indicadores de saúde.  Vigilância epidemiológica e sanitária.  Legislação pertinente.  Técnicas de manuseio de materiais e equipamentos utilizados num laboratório. Medidas de peso e volume. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

TÉCNICO DE LABORATÓRIO

Química Geral e Inorgânica:  ligações químicas.  Ácidos e Bases.  Química descritiva dos elementos representativos; conceito de solução, solvente e soluto, molaridade; preparo de soluções e diluições, conceito de pH e tampão. Química analítica: química analítica qualitativa e quantitativa,   análise   gravimética,   análise   volumétrica,   tratamento   estatístico   de   dados,   fundamentos   de   espectroscopia,   técnicas espectroscópicas (espectroscopia de infravemelho, absorção atômica, emissão atômica, fotometria de chama), técnicas cromatograficas (cromatografia em camada delgada, cromatografia gasosa, cromatografia líquida de alta eficiência), espectrometria de massas; Noções de técnicas utilizadas nas análises de alimentos e insumos agropecuarios; Microbiologia: noções de virologia, bacteriologia e micologia; Desenvolvimento  microbiano:  medidas  de  crescimento  microbiano,  curva  de  crescimento  microbiano,  condições  ideais  de  crescimento microbiano. Meios de cultura: classificação, funções e preparação; Indicadores biológicos; Controle dos microrganismos: métodos físicos de controle: calor seco, calor úmido, pasteurização, radiações, filtração; Técnicas de diagnóstico de doenças causadas por bactérias: ELISA, Fixação do Complemento, Reação em Cadeia da Polimerase. Validação de métodos de análises e noções de estatística básica; Técnicas gerais de laboratório: conhecimento, organização, manutenção e utilização de vidraria e equipamentos; Princípios de Biossegurança: níveis de biossegurança laboratorial, equipamentos de segurança (barreiras primárias) e instalações laboratoriais (barreiras secundárias). Noções de práticas laboratoriais adequadas. Qualidade da água em laboratórios: tipos de água reagente utilizados em laboratório; métodos de purificação da água: ionização, destilação, carvão ativado, filtração, osmose reversa. Noções sobre gerenciamento de resíduos gerados nas atividades analíticas: manuseio, identificação, acondicionamento, transporte e descarte; Métodos químicos e físicos de desinfecção e esterilização de materiais para uso em ensaios laboratoriais; Métodos biológicos utilizados em análises de materiais de propagação vegetal. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

Cargos do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – PGPE ADMINISTRADOR

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: Estado: elementos e poderes. Governo: função, forma, sistemas e estrutura. Princípios da Administração Pública. Contratos administrativos e licitações. Orçamento Público. ADMINISTRAÇÃO GERAL: Fundamentos de Administração. O ambiente das Organizações. Administração estratégica. O papel da administração no desempenho da organização. Sistemas de gestão organizacional. Planejamento   estratégico, tático   e   operacional.   Funções, papéis   e   responsabilidade.   Empreendedorismo   e   Inovação.   ESTRATÉGIA EMPRESARIAL: Administração estratégica. Competitividade. Ambiente externo: oportunidades, ameaças. Ambiente interno: recursos, capacitações   e   competências   essenciais.   Visão   baseada   em   recursos.   Estratégia   Internacional.   Governança   corporativa.   Orçamento Empresarial. GESTÃO DE PESSOAS e COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAOL: Gestão estratégica de pessoas. Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas. Aprendizagem Organizacional. Conflitos. Liderança. Sistemas de Remuneração. Cultura e clima organizacional. Qualidade de vida no trabalho. Comunicação organizacional. Gestão da mudança. Gestão do Conhecimento. Desenvolvimento e gestão de produtos. Estratégias de distribuição. Formação de preços. Elementos de comunicação de marketing. ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO E LOGÍSTICA: Sistemas de Produção. Capacidade e localização. Produto e processo. Arranjos físicos e fluxo. Estoques. Inventário Físico. Logística: produto logístico; sistemas de transporte; armazenagem; operação do sistema logístico. Gerenciamento da cadeia de suprimentos (supl. Chain management). Gestão da qualidade. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA: Juros simples e juros compostos. Descontos. Anuidades. Métodos de amortização. Séries de pagamentos. Finanças: Risco e retorno: risco de carteira; modelo CAPM. Orçamento de capital e fluxos de caixa: técnicas de análise de projetos: playback; payback descontado; VPL; TIR. Opções reais: método binomial; árvores de decisão. Custos e estrutura de capital: custo médio ponderado de capital (WACC); alavancagem. Avaliação de empresas: avaliação pelo fluxo de caixa descontado (modelos DCF e FCFE). ORGANIZAÇÃO, SISTEMAS E MÉTODOS:  Funções, papéis e responsabilidade.  Desenho organizacional.  Autoridade e responsabilidade. Delegação e descentralização. Departamentalização. Fluxogramas. Organogramas. CONTABILIDADE E FINANÇAS: Noções de Contabilidade Pública. Contabilidade Gerencial: custos para decisão; estrutura e análise das demonstrações contábeis; sistemas de informações gerenciais. GESTÃO AMBIENTAL:  Responsabilidade socioambiental.  Impactos ambientais e empreendimento.  Gestão Ambiental.  LEGISLAÇÃO:  Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações posteriores – Lei de Licitações; Lei Federal nº 10.520/2002 – Institui no âmbito da Administração Pública a modalidade de licitação denominada pregão. Lei nº. 8.112/1990 – Regime Jurídico Único. Decreto Lei nº 200/1967. Lei 8.027/1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos. ECONOMIA: Macroeconomia: agregados macroeconômicos. Políticas Públicas. Sistema Financeiro Nacional.

 

AGENTE ADMINISTRATIVO

Conhecimento de arquivo, redação administrativa, carta comercial, requerimento, circular, memorando, ofícios, telegrama. Correio eletrônico. Conhecimento das rotinas de expedição de correspondência.  Noções gerais de relações humanas.  Conhecimentos gerais das rotinas administrativas, noções de segurança do trabalho. Noções básicas de informática: Editor de textos Microsoft Word; criar, editar, formatar e imprimir documentos; criar e manipular tabelas; inserir e formatar gráficos e figuras; Interação entre aplicativos; Planilha eletrônica Microsoft Excel; criar, editar, formatar e imprimir planilhas; utilizar fórmulas e funções; gerar gráficos; importar e exportar dados; classificar e organizar dados.  Orçamento   Público,  Plano   Plurianual,  Lei   de  Diretrizes   Orçamentárias,  Lei  de   Orçamentos   Anuais,  Princípios  Orçamentários (programação, unidade, universalidade, anuidade, exclusividade, clareza e equilíbrio)/ Despesa Pública, conceito, classificação (despesa orçamentária e despesa extra-orçamentária), Classificação econômica, Licitação (objetivo básico e modalidade de licitação), Das dispensas e inexigibilidades de licitação, Empenho (ordinário ou normal, por estimativa, global e contábil do empenho), Liquidação, Pagamento. Noções de Direito Público. Lei Federal nº 101/2000 – Lei de Responsabilidade Fiscal. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

BIBLIOTECÁRIO

Ciência da informação e biblioteconomia: Conceitos, produção do conhecimento. Sistemas e redes de informação. A biblioteca no contexto das organizações. Funções gerenciais. Planejamento, organização, avaliação, formação e desenvolvimento de coleções. Sistemas documentários. Organização da informação: organização do conhecimento, bibliotecas tradicionais, bibliotecas digitais e sistemas de hipertextos. Controle bibliográfico. Desenvolvimento de coleções. Representação descritiva e temática de documentos: conceituação, objetivos, processos, instrumentos e produtos. Automação dos processos de organização. Metadados. Ontologias. Taxonomia. Tesauros. Web Semântica. Serviços e produtos de bibliotecas. Serviços de referência: presencial e virtual. Marketing da informação. Recuperação e disseminação da informação. Indexação:  princípios de indexação, serviços de indexação, a prática da indexação, técnica de elaboração de descritores, cabeçalhos de assunto, vocabulário controlado e tesauros, elaboração de resumos. Circulação e reprodução de documentos. Gestão da informação e do conhecimento. Qualidade em Serviços de Informação: controle, planejamento e gestão de qualidade. Normalização de documentos: conceitos, objetivos, normas brasileiras (NBR 6023, NBR 10520, NBR 6032 e NBR 6028). Busca e recuperação da Informação: fundamentos, estratégia de busca, busca em textos. Fontes de informação gerais e fontes de informação especializada. Usos e usuários da Informação: estudo de usuários, métodos, técnicas, estudos de uso e educação de usuários. Classificação: catálogo de assunto, termos principais, relacionados e remissivas. Classificação. Catalogação: AACR2. Serviços e produtos de acesso à informação: redes, sistemas, bancos e bases de dados. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

CONTADOR

ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA: Ajustes e padronização de critérios para realização de análise econômico-financeira. Métodos de análise econômico-financeira: horizontal, vertical, números, índices ou quocientes econômico-financeiros de desempenho, métodos de múltiplos de mercado, fluxo de caixa descontado, taxa de crescimento, perpetuidade e valor de mercado. Análise da necessidade de capital de giro. Fluxo de caixa (análise):  fontes de financiamento dos investimentos:  capital próprio ou de terceiros, alavancagem financeira.  Valor Econômico Agregado (EVA): conceito e aplicação. EBITDA: conceito e aplicação. Juros Simples e Compostos. Taxas de Juros. Desconto. Equivalência de Capitais.  Anuidades.  Sistemas de Amortização.  Séries de pagamentos.  CONTABILIDADE  PÚBLICA:  Fundamentos  legais  e  técnicos  de Contabilidade  Pública:  conceito, objetivos,  princípios;  Planejamento:  Plano  Plurianual  –  PPA, Lei  de  Diretrizes  Orçamentárias  –  LDO  e Lei Orçamentária Anual – LOA; Ciclo Orçamentário; Créditos Adicionais: classificação; Princípios Orçamentários; Sistemas Contábeis aplicados ao setor  público  e  o  plano  de  contas;  Escrituração;  Demonstrações  Contábeis  de  que  trata  a  Lei  Federal  nº  4.320/64  e  suas  alterações posteriores; Classificações Orçamentárias: classificação legal da receita e classificação legal da despesa – classificação institucional, funcional- programática  e  econômica;  Receita  e  Despesa  extra-orçamentárias;  Execução  Orçamentária:  fases  da  receita  –  previsão,  lançamento, arrecadação e recolhimento, e fases da despesa – programação, licitação, empenho, liquidação e pagamento; Restos a pagar; Dívida Pública e Dívida Ativa; Controle Interno e Externo da Administração Pública: conceito de controladoria e sua missão, controle externo pelo Tribunal de Contas e pelo Poder Legislativo. Responsabilidade da Gestão fiscal: órgãos obrigados, equilíbrio das contas públicas, planejamento e transparência, metas e limites; receita corrente líquida (conceito); Relatório de Gestão Fiscal e Relatório Resumido de Execução Orçamentária: conceitos básicos e elaboração. AUDITORIA   E PERÍCIA: Noções básicas de auditoria externa (independente e governamental) e interna. Natureza e campo de atuação da auditoria.  Controles internos.  Riscos de Auditoria.  Testes e procedimentos de auditoria.  Pareceres de Auditoria.  Normas técnicas e profissionais do perito contador e assistente.  Normas sobre a Perícia contábil.  Procedimentos de Perícia. Arbitragem.  ORÇAMENTO EMPRESARIAL E FINANÇAS:  Orçamento como instrumento de controle.  Integração do orçamento com a contabilidade. Previsões de receitas e custos. Planejamento estratégico: conceitos, objetivos, comprometimento corporativo, o papel do orçamento.  Projeção de resultados.  Projeção de capital de giro.  Projeção de fluxo de caixa.  Controle de caixa e cronograma financeiro. Conceitos básicos de finanças. Taxa de atratividade. Taxa interna de retorno. Valor presente líquido. Payback. Estrutura de Capital. Custo Médio Ponderado de Capital (WACC) e modelo de precificação de ativos – CAPM. CONTABILIDADE GERAL: Fundamentos conceituais de contabilidade:   conceito,  objeto,  finalidade,  usuários  e  princípios   contábeis;   Patrimônio:   conceito,  elementos   e  equação   patrimonial; fundamentos conceituais de ativo, passivo, receita e despesa; Procedimentos Contábeis Básicos: plano de contas, fatos contábeis, lançamentos e escrituração; Demonstrações Contábeis de que trata a Lei Federal nº a Lei 6.404/76 e suas alterações posteriores: Balanço Patrimonial, Demonstração  dos  Lucros  e  Prejuízos  Acumulados,  Demonstração  do  Resultado  do  Exercício,  Demonstração  dos  Fluxos  de  Caixa, Demonstração do Valor Adicionado; Análise das Demonstrações Contábeis: análise horizontal, análise vertical, liquidez, endividamento, análise da rotatividade e da rentabilidade. AUDITORIA: Conceito e definição de auditoria; normas de auditoria; auditoria interna e externa; programas de auditoria e relatórios de auditora. CONTABILIDADE AMBIENTAL: Conceito e objetivo. Ativos e passivos ambientais. Receitas e custos ambientais.  LEGISLAÇÃO:  Lei Complementar Federal nº 101/2000 e suas alterações posteriores – Lei de Responsabilidade Fiscal; LEGISLAÇÃO: Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações posteriores – Lei de Licitações; Lei Federal nº 10.520/2002 – Institui no âmbito da Administração Pública a modalidade de licitação denominada pregão. Lei nº. 8.112/1990 – Regime Jurídico Único. Decreto Lei nº 200/1967. Lei 8.027/1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

ECONOMISTA

Macroeconomia: contabilidade nacional: conceito e quantificação da renda e do produto, produto e renda das empresas e das famílias, gastos e receitas do governo; balanço de pagamentos: estrutura geral do balanço de pagamentos; conta de transações correntes, conta de capital, conceitos  de déficit  e superávit; contas  nacionais do  Brasil; taxa de cambio  e o  mercado  de divisa; números  índices; tabela de relações insumo/produto; moeda e bancos: funções da moeda, demanda por moeda, bancos e oferta de moeda, definição de moeda e quase-moeda, multiplicador da moeda; instrumentos  de controle monetário; determinação  da renda e do produto nacionais: modelo  keynesiano  básico, equilíbrio entre oferta agregada e demanda agregada; multiplicador keynesiano de gastos; interligação entre o lado real e monetário; modelo IS-LM; inflação: causas e efeitos da inflação; teoria quantitativa da moeda; curva de Philips; inflação e políticas de estabilização; inflação de demanda e de custos; imposto inflacionário; produção e crescimento econômico: importância e determinantes da produtividade, crescimento econômico e políticas públicas, modelos de crescimento econômico. Microeconomia: Teoria dos Jogos, demanda do consumidor, oferta do produtor, mercados, equilíbrio geral e teoria do bem-estar. Econometria. Estatística Econômica. Economia Matemática. Economia do setor público: racionalidade econômica da existência do governo; falhas do mercado; equilíbrio geral e teoria do bem-estar; ótimo de Pareto; bens públicos; teoria da escolha pública; externalidades; objetivos da política fiscal e funções econômicas do governo. Conceitos e princípios da tributação: Espécies de tributos. Sistema tributário brasileiro. Gastos públicos: conceitos; medidas; modelos de gastos públicos; déficit público e dívida pública; formas de financiamento do déficit público. Orçamento Público no Brasil: Histórico e evolução conceitual; Princípios orçamentários; Orçamento-Programa; Plano   Plurianual (PPA); Lei   de   Diretrizes   Orçamentárias(LDO) e   Lei   Orçamentária   Anual(LOA) classificação e conceituação da receita orçamentária; classificação e conceituação da despesa orçamentária; ciclo orçamentário. Lei de Responsabilidade Fiscal: inovações introduzidas pela LRF; efeitos no planejamento e no processo orçamentário; limites para despesas de pessoal; limites para a dívida; transferências voluntárias; gestão patrimonial; mecanismos de transparência, controle e fiscalização. História Econômica do Agronegócio: A evolução do setor agrícola brasileiro; A modernização da agricultura; O crescimento do agronegócio; A produção de alimentos e fibras; A produção florestal; o comportamento do setor pecuário no Brasil; A agroindustrialização. Economia Rural: Economia como ciência social; Teoria de preços; Teoria da firma; Mercado, comercialização e abastecimento agrícola; Preços agrícolas; Mercados imperfeitos; O agronegócio brasileiro. Economia do Agronegócio: Agronegócio brasileiro; O agronegócio no mundo e as suas tendências; A oferta e a demanda por alimentos; Qualidade, segurança alimentar e o consumidor; Teoria da firma e a Nova Economia Institucional; A administração da cadeia produtiva agropecuária e a sua organização; As cooperativas e o agronegócio; Contratos e qualidade dos alimentos. Estrutura dos Mercados Agroindustriais: O instrumental de organização industrial; Competição nos mercados agroindustriais; Desempenho de mercados agroindustriais na dimensão espacial; Desempenho de mercados agroindustriais na dimensão temporal; Organização vertical e desempenho de mercados agroindustriais; Problemas dos mercados oligopolistas; Problemas estruturais dos mercados agroindustriais brasileiros. Mercados Futuros Agropecuários: Introdução aos mercados futuros e de opções; Mecânica operacional dos mercados; Relações entre preços à vista e futuro; ‘Hedging’ e gerenciamento risco; Mercado de opções; Eficiência nos mercados futuros.  Economia e Gerenciamento de Complexos Agroindustriais: O conceito de agro business; Análise das cadeias agroindustriais; Coordenação vertical no agro business; Estratégias empresariais no setor agroalimentar; As funções gerenciais nos complexos agroindustriais; Os complexos agroindustriais e o setor externo; Políticas públicas que afetam os complexos agroindustriais. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

ENGENHEIRO

Materiais de construção. Fases de uma construção: orçamento, planilhas, fluxogramas, controles, Organização e distribuição de serviços da manutenção.  Tipos de manutenção e serviços.  Reorganização do setor de manutenção.  Fluxogramas de impressos e serviços para administração da manutenção (Organização de serviços).  Distribuição de horários de trabalhos na manutenção.  Cálculo para custos de manutenção corretiva e preventiva. Manutenção preventiva em equipamentos. Inspeções e testes da manutenção preventiva. Engenharia sustentável: meio ambiente e sustentabilidade, fontes alternativas de energia. Gerenciamento de projeto: orçamento e prazos, redes de precedência e Gráfico de Gantt, caminho crítico. Fiscalização de obras, leis orçamentárias, licitações. Engenharia de segurança: equipamentos de proteção individual e coletiva, ergonomia. Projeto de prevenção contra incêndio e sistemas de proteção contra descargas atmosféricas. Tecnologia da informação: projeto assistido por computador, sistemas de informações geográficas e posicionamento global. Infraestrutura das instalações prediais: Instalações elétricas prediais, comerciais e industriais. Engenharia e ciências dos materiais. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

GEÓGRAFO

Dimensão Política da Organização do Território – Processo histórico e geográfico da formação territorial no Brasil. Desenvolvimento econômico e a questão regional no Brasil. Organização do território – dimensão política da modernização. O problema da escala geográfica e cartográfica para o conhecimento do território. O problema da região e a produção do conhecimento geográfico. Urbanização – O processo de urbanização dinâmica – complexidade e tendências no Brasil. Características da natureza do fato urbano brasileiro. Rede Urbana, Dinâmica. Aspectos populacionais – O crescimento da população brasileira, taxas de crescimento e distribuição espacial.  Dinâmica territorial da população brasileira. Processo Produtivo – Setor industrial brasileiro – estrutura, padrões de distribuição e ritmos de crescimento. Questões e tendências da produção agrícola brasileira. Inserção do Brasil na economia mundial. Emergência como potência regional. Transformações recentes nas atividades de comércio e serviços no Brasil, Sistema de Informações. Aspectos geográficos – Características dos dados geográficos: posição, atributos e relações espaciais. Principais modelos de dados geográficos. Estrutura básica dos sistemas de informações geográficas: entrada e integração de dados, gerência de dados espaciais, consulta/análise espacial e visualização.  Análise de dados geográficos:  seleção, manipulação, elaboração de mapas temáticos, análise exploratória e modelagem, métodos. Aspectos quantitativos – Estatística descritiva e análise exploratória de dados: distribuições de frequências: medidas descritivas de locação e de dispersão: média, mediana, quartis, variância, desvio padrão, coeficiente de variação, histograma. Números-índices e medidas de concentração: conceitos fundamentais e aplicações básicas. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

PSICÓLOGO

Teoria   de   Personalidade:   -Psicanálise   – Freud, Melaine   Klein, Erickson; -   Reich; -   Jung; -   Adler; -   Sullivan; -   Horney; Fromm; Rogers; Winnicott; Piaget; DuaneSchultz; Cordioli; Papalia; Anastasi; Cunha; Teoria Cognitiva –  Topologia de Lewin; – A abordagem S = R. Teorias e Técnicas Psicoterápicas. Entrevista Psicológica. Processos de Mudanças em Psicoterapia. Diferenças Individuais e de Classes. Culturae Personalidade: “Status”, papel e o indivíduo.  Fatores Sociais na Anormalidade.  Interação Social.  História da Psicologia Moderna. Desenvolvimento humano.   A Psicologia Social no Brasil.  Aconselhamento Psicológico.  Desenvolvimento X Aprendizagem.  Abordagem Psicológica da Educação. As técnicas psicométricas no contexto da avaliação psicológica. Aplicação e correção de testes psicométricos nos diversos contextos. Elaboração de relatórios e laudos psicológicos. Resoluções CFP nos: 001/1999, 018/2002, 007/2003, 010/2005, 001/2009, 010/2010. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

TÉCNICO DE CONTABILIDADE

CONTABILIDADE GERAL: Fundamentos conceituais de contabilidade: conceito, objeto, finalidade, usuários e princípios contábeis; Patrimônio: conceito, elementos e equação patrimonial; fundamentos conceituais de ativo, passivo, receita e despesa; Procedimentos Contábeis Básicos: plano de contas, fatos contábeis, lançamentos e escrituração. Demonstrações Contábeis de que trata a Lei Federal nº a Lei 6.404/76 e suas alterações posteriores: Balanço Patrimonial, Demonstração dos Lucros e Prejuízos Acumulados, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração dos Fluxos de Caixa, Demonstração do Valor Adicionado. CONTABILIDADE PÚBLICA: Fundamentos legais e técnicos de Contabilidade  Pública:  conceito, objetivos,  princípios;  Planejamento:  Plano  Plurianual  –  PPA, Lei  de  Diretrizes  Orçamentárias  –  LDO  e Lei Orçamentária Anual – LOA; Ciclo Orçamentário; Créditos Adicionais: classificação; Princípios Orçamentários; Sistemas Contábeis aplicados ao setor  público  e  o  plano  de  contas;  Escrituração;  Demonstrações  Contábeis  de  que  trata  a  Lei  Federal  nº  4.320/64  e  suas  alterações posteriores; Classificações Orçamentárias: classificação legal da receita e classificação legal da despesa – classificação institucional, funcional- programática  e  econômica;  Receita  e  Despesa  extra-orçamentárias;  Execução  Orçamentária:  fases  da  receita  –  previsão,  lançamento, arrecadação e recolhimento, e fases da despesa – programação, licitação, empenho, liquidação e pagamento; Restos a pagar. LEGISLAÇÃO: Lei Complementar Federal nº 101/2000 e suas alterações posteriores – Lei de Responsabilidade Fiscal; Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações posteriores – Lei de Licitações; Lei Federal nº 10.520/2002 – Institui no âmbito da Administração Pública a modalidade de licitação denominada pregão. Lei Federal nº 11.638/2007. Lei Federal nº 11.941/2009. Lei Federal nº 8.027, de 12 de abril de 1990 – Código de Ética dos Servidores Públicos.

 

ANEXO III – ATRIBUIÇÕES SINTÉTICAS DOS CARGOS  

 Carreira de Fiscal Federal Agropecuário

ENGENHEIRO AGRÔNOMO, FARMACÊUTICO, QUÍMICO, VETERINÁRIO e ZOOTECNISTA

A defesa sanitária animal e vegetal; a inspeção industrial e sanitária dos produtos de origem animal e a fiscalização dos produtos destinados à alimentação animal; a fiscalização de produtos de uso veterinário e dos estabelecimentos que os fabricam e de agrotóxicos, seus componentes e afins; a fiscalização do registro genealógico dos animais domésticos, da realização de provas zootécnicas, das atividades hípicas e turfísticas, do sêmen destinado à inseminação artificial em animais domésticos e dos prestadores de serviços de reprodução animal; a fiscalização e inspeção da produção e do comércio de sementes e mudas e da produção e comércio de fertilizantes, corretivos, inoculastes, estimulantes ou biofertilizantes destinados à agricultura; a fiscalização da produção, circulação e comercialização do vinho e derivados do vinho, da uva e de bebidas em geral; a fiscalização e o controle da classificação de produtos vegetais e animais, subprodutos e resíduos de valor econômico e elaboração dos respectivos padrões; a fiscalização das atividades de aviação agrícola, no que couber; a fiscalização do trânsito de animais vivos, seus produtos e subprodutos destinados a quaisquer fins, de vegetais e partes vegetais, seus produtos e subprodutos destinados a quaisquer fins, de insumos destinados ao uso na agropecuária e de materiais biológicos de interesse agrícola ou veterinário, nos portos e aeroportos internacionais, nos postos de fronteira e em outros locais alfandegados; lavrar auto de infração, de apreensão e de interdição de estabelecimentos ou de produtos, quando constatarem o descumprimento de obrigação legal relacionada com as atribuições descritas neste artigo; assessorar tecnicamente o governo, quando requisitado, na elaboração de acordos, tratados e convenções com governos estrangeiros e organismos  internacionais, dos quais  o  País  seja membro, nos assuntos  relacionados com  as atribuições fixadas  neste artigo; fiscalizar  o cumprimento de atos administrativos destinados à proteção e certificação de cultivares; as demais atividades inerentes à competência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que lhes forem atribuídas em regulamento.

 

 

Cargos de Atividades de Técnicas da Fiscalização do Mapa

 

AGENTE DE ATIVIDADES AGROPECUÁRIAS

Inspeção, fiscalização, classificação e o controle dos produtos vegetais e subprodutos, insumos e serviços agropecuários; inspeção, fiscalização de  produtos  vegetais  e  subprodutos  no  comércio,  portos,  aeroportos,  postos  de  fronteiras  e  demais  locais  alfandegados;  a  pesquisa,  a experimentação, fomento, desenvolvimento e a extensão rural e o ensino agrícola, quando aplicável; a promoção da segurança dos alimentos, da  saúde  animal  e  da  sanidade  vegetal;  a  emissão  de  documentos  indispensáveis  ao  trânsito,  no  território  nacional,  de  produtos agropecuários; a participação, em supervisão técnico-fiscal, das atribuições relacionadas ao cargo, nos estabelecimentos que beneficiam, produzem,  industrializam,  armazenam  ou  comercializam  produtos  vegetais;  a  elaboração  de  estudos  de  viabilidade  técnica,  avaliações  e vistorias com vistas à implantação de projetos agropecuários; a fiscalização dos estabelecimentos credenciados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; a verificação in loco dos programas de autocontrole nos estabelecimentos que beneficiam, produzem, industrializam ou armazenam produtos de origem vegetal, adotando as respectivas ações fiscais; a coleta de amostras de produtos e subprodutos de origem vegetal,  insumos,  seu  preparo, acondicionamento  e remessa; A  operação  dos  sistemas  informatizados  oficiais  utilizados  na  fiscalização  e demais trabalhos burocráticos afeitos ao cargo; a coordenação e orientação das equipes auxiliares.

 

AISIPOA - AGENTE DE INSPEÇÃO SANITÁRIA E INDUSTRIAL DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL

Controlar o desembarque de animais ao abate; vigiar a desinfecção dos veículos que conduzem animais; identificar lesões e parasitas nos animais; fazer a separação dos animais “anteontem”; fazer as notificações cabíveis; expedir certificados sanitários para embarque de animais vivos; manter vigilância sobre a higiene dos estabelecimentos de carnes, leite e derivados; fazer verificações de rações; fiscalizar a fabricação e conservação dos produtos de origem animal; auxiliar na inspeção “anteontem” para conhecimento da saúde do animal a ser abatido; auxiliar na inspeção do leite e derivados, quanto a determinação de acidez, gordura, densidade e de extrato seco; fazer a prova da peroxidasse, da redutase e de fosfatose; auxiliar a inspeção das carnes e derivados; auxiliar a inspeção de animais mortos; auxiliar na análise química de produtos de origem animal; e executar tarefas semelhantes.

 

AUXILIAR DE LABORATÓRIO

Entre as atribuições estão: a execução de tarefas de apoio para a realização de ensaios químicos, físico-químicos, biológicos, moleculares, imunológicos, bromatológicos e microbiológicos, em amostras fiscais e periciais, em atendimento aos controles oficiais do MAPA em produtos como:  fertilizantes,  corretivos,  inoculantes  e  afins;  produtos  destinados  à  alimentação  humana  e  animal;  produtos  de  uso  veterinário; agrotóxicos e afins; material de multiplicação animal e vegetal; produtos agropecuários inseridos no Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes; bebidas alcoólicas, fermentadas, destiladas, fermentados acéticos, bebidas não alcoólicas e bebidas em geral; grãos, farinhas, óleos, azeites e produtos vegetais submetidos às análises para fins de classificação; produtos e subprodutos de origem animal e vegetal, da água e dos insumos destinados à agropecuária; partes de vegetais para diagnóstico de patógenos e pragas; produtos e subprodutos de origem vegetal e animal para diagnóstico de organismos geneticamente modificados. Execução de tarefas de apoio para produção e manutenção de cultivo celular; tratamentos prévios e complementares de resíduos laboratoriais, incluindo manuseio, acondicionamento e encaminhamento para  descarte  dos  resíduos  produzidos  no  laboratório,  obedecendo  a  legislação  ambiental  e  demais  normativas  vigentes;  recepção, identificação, preparo, armazenamento das amostras e seu descarte quando autorizado; a execução de tarefas de apoio para o preparo e padronização  de  insumos,  soluções,  reagentes,  lâminas  para  microscopia,  meios  de  cultura,  para  realização  dos  ensaios  laboratoriais; manutenção das condições de assepsia e esterilização de materiais; realização de tratamento e avaliação da qualidade da água a ser utilizada nos ensaios laboratoriais; realização da limpeza e a organização de bancadas e do laboratório; conservação e limpeza dos equipamentos, instrumentos e o material de uso do laboratório; limpeza e descontaminação física ou química de vidrarias e demais utensílios provenientes dos laboratórios; preparo de vidrarias e demais utensílios, realizando as etapas de limpeza, avaliação, embalagem, identificação e esterilização.

 

TÉCNICO DE LABORATÓRIO

Exercer atividades de natureza especializada, envolvendo: a execução qualificada no suporte técnico à fiscalização federal agropecuária, compreendendo,  respeitadas  as  limitações  de  competência  e  supervisão,  a  realização  de  ensaios  químicos,  físico-químicos,  biológicos,moleculares, imunológicos, bromatológicos e microbiológicos, em amostras fiscais e periciais, em atendimento aos controles oficiais do MAPA em  produtos  como:  fertilizantes,  corretivos,  inoculantes  e  afins;  produtos  destinados  à  alimentação  humana  e  animal;  produtos  de  uso veterinário; agrotóxicos e afins; material de multiplicação animal e vegetal; produtos agropecuários inseridos no Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes; bebidas alcoólicas, fermentadas, destiladas, fermentados acéticos, bebidas não alcoólicas e bebidas em geral; grãos, farinhas, óleos, azeites e produtos vegetais submetidos às análises para fins de classificação; produtos e subprodutos de origem animal e  vegetal,  da  água  e  dos  insumos  destinados  à  agropecuária;  partes  de  vegetais  para  diagnóstico  de  patógenos  e  pragas;  produtos  e subprodutos de origem vegetal e animal para diagnóstico de organismos geneticamente modificados; diagnóstico animal. A realização das referidas análises é feita sob supervisão de Fiscais Federais Agropecuários, responsáveis pela respectiva unidade laboratorial; produção e manutenção  de  cultivo  celular; tratamentos  prévios  e complementares  de  resíduos  laboratoriais,  incluindo  manuseio,  acondicionamento  e encaminhamento para descarte dos resíduos produzidos no laboratório, obedecendo a legislação ambiental e demais normativas vigentes; montagem, operação, ajustes dos equipamentos e gerenciamento da manutenção de equipamentos e instalações; auxílio nas pesquisas e desenvolvimento de métodos e produtos, sob supervisão dos Fiscais Federais Agropecuários, responsáveis pela respectiva unidade; recepção, identificação, preparo, armazenamento das amostras e seu descarte quando autorizado; auxílio na manutenção de sistemas da qualidade laboratoriais, incluindo a participação na elaboração de manuais, procedimentos e instruções laboratoriais, auxílio na resolução das não conformidades  e  no  gerenciamento  de  trabalhos  não  conformes,  adotando  as  medidas  corretivas  adequadas;  auxílio  na  execução  e manutenção dos procedimentos de biossegurança laboratorial; emissão de relatórios de dados brutos de ensaios laboratoriais; realização de calibrações, e assinatura dos respectivos certificados; auxílio na elaboração dos relatórios de ensaios e de laudos técnicos; auxiliar os FFAs no preparo dos relatórios mensais de execução, incluindo dados estatísticos, de forma a evidenciar as atividades realizadas da unidade; execução de atividades de controle e arquivamento de documentos relativos à rotina de realização dos ensaios e análises no laboratório; preparo e padronização  de  insumos,  soluções,  reagentes,  lâminas  para  microscopia,  meios  de  cultura,  para  realização  dos  ensaios  laboratoriais; manutenção das condições de assepsia e esterilização de materiais.

 

Cargos do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – PGPE ADMINISTRADOR

Atividades de supervisão, programação, coordenação ou execução especializada em grau de maior complexidade, referentes a estudos, pesquisas, análise e projetos sobre administração pública, de pessoal, material, orçamento, organização e métodos.

 

AGENTE ADMINISTRATIVO

Atividades de nível médio, de grande complexidade, envolvendo a apresentação de solução para situações novas, a necessidade de constantes contatos com autoridades de média hierarquia, com técnicos de nível superior e/ou contatos eventuais com autoridades de alta hierarquia e abrangendo planejamento em grau auxiliar e pesquisas preliminares realizadas sob supervisão indireta, predominantemente técnica, visando à implementação  das  leis, regulamentos  e normas referentes  à administração  geral e específica; supervisão  dos  trabalhos  que envolvam  a aplicação das técnicas de pessoal, orçamento, organização, métodos e material, executados por equipes auxiliares, chefia de secretarias de unidades da mais alta linha divisional da organização.

 

BIBLIOTECÁRIO

Atividades de Gerenciamento, supervisão, coordenação, programação ou execução especializada de gestão de coleções e documentação, em grau de maior complexidade, referentes a trabalhos de pesquisa, estudo e registro bibliográfico de coleções, documentos e informações culturalmente importantes independente do suporte. Bibliotecário documentalista com visão de gerenciamento de projetos e pesquisa nas áreas afins da instituição, apoiar o desenvolvimento, registro e salvaguarda da memória científica da instituição.

 

CONTADOR

Atividades de supervisão, coordenação ou execução em grau de maior complexidade relativas à administração pública, financeira e patrimonial, contabilidade e auditoria, compreendendo análise, registro e perícia contábeis, de balancetes, balanços e demonstrações contábeis.

 

ECONOMISTA

Analisar o ambiente econômico; elaborar e executar projetos de pesquisa econômica, de mercado e de viabilidade econômica, dentre outros; Participar do planejamento estratégico de curto, médio e longo prazos e avaliar políticas de impacto coletivo para o governo.  Gerar programação econômico-financeira; examinar finanças governamentais.

 

ENGENHEIRO

Elaboração e fiscalização de projetos de construção civil e estudos de viabilidade econômica; planejamento da manutenção predial das unidades do órgão.

 

GEÓGRAFO

Realizar levantamentos geológicos e geofísicos coletando, analisando e interpretando dados, gerenciando amostragens, caracterizando e medindo parâmetros físicos, químicos e mecânicos de materiais geológicos, estimando geometria e distribuição espacial de corpos e estruturas geológicas, elaborando mapas e relatórios técnicos e científicos. Prospectar e explorar recursos minerais, pesquisar a natureza geológica e geofísica de fenômenos, efetuar serviços ambientais e geotécnicos, planejar e controlar serviços de geologia e geofísica.

 

PSICÓLOGO

Atividades de supervisão e coordenação, relativas ao estudo do comportamento humano e da dinâmica da personalidade, com vistas à aplicação, à correção e à análise de testes visando à seleção de profissional.

 

TÉCNICO DE CONTABILIDADE

Atividades de nível médio, de natureza pouco repetitiva, envolvendo a orientação e execução de tarefas relativas à contabilidade pública, à escrituração e à verificação da regularidade do ato ou do fato contábil.

 

 

6 Responses so far.

  1. Dario disse:

    Bom dia!

    essa apostila vem impressa e dvd com as videas aulas…?

  2. tiago disse:

    ola vc ainda tem o material estou interessado ! quando e que você envia?

Leave a Reply